SPFs intensificam campanha salarial e a construção da greve unificada

Por ASCOM FASUBRA

 

 

A manutenção da campanha de denúncia dos parlamentares que votam contra os trabalhadores e os serviços públicos deve continuar nas entidades de base, orienta o fórum.

 

Em reunião na tarde de quarta-feira, 22, os representantes do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) avaliaram a retirada da reforma da Previdência da pauta do congresso e indicaram novo calendário de lutas. O evento ocorreu na sede da Condsef em Brasília-DF. Representou a Federação o coordenador Edson Lima.

 

Para as entidades, a unidade do Fonasefe e Fonacate foi fundamental na construção de toda a luta contra as medidas do governo. As atividades realizadas na semana do dia 19 de fevereiro em todo o país contribuíram para enterrar a reforma da Previdência por enquanto.

 

Neste momento, intensificar a Campanha Salarial rumo à greve unificada do funcionalismo público federal é um dos principais objetivos das entidades. A pauta de reivindicações protocolada nesta semana no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), também será levada às presidências da Câmara dos Deputados, Senado Federal, à Casa Civil e à Organização Internacional do Trabalho (OIT) no dia 02 de março.

 

A manutenção da campanha de denúncia dos parlamentares que votam contra os trabalhadores e os serviços públicos deve continuar nas entidades de base, orienta o fórum.

 

Confira o calendário de lutas

 

01 de março

Seminário sobre Plano de autogestão em saúde

Hora: 09h

 

Reunião do Fonasefe e Fonacate na sede da Condsef

Hora: 14h

 

02 de março

Manhã – Reunião no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG)

Será realizado um Ato Público no Bloco C, “Pela abertura de negociação da Campanha Salarial 2018.

A FASUBRA estará em Plenária Nacional em Brasília-DF.

Tarde – Protocolar a pauta da Campanha Salarial nas presidências da Câmara e do Senado, no STF, na Casa Civil e OIT

 

Atos públicos nos estados “Em Defesa dos Serviços Públicos, Contras as Reformas que Retiram Direitos, as Privatizações, pela revogação da EC/95/16

 

08  de março

Greve Internacional das Mulheres

 

13 a 17 de março

Fórum Social Mundial em Salvador-BA

 

16 de março

Ato público em “Defesa dos Serviços Públicos, contras as privatizações e as reformas que retiram direitos e pela revogação da EC 95”. O evento será no Fórum Social Mundial.

Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *